Estreias de cinema 29/12 | Invasão Zumbi e mais

Filme tem o estilo de 'Guerra Mundial Z', porém com ainda mais ação e violência

Publicado em 29/12/2016

Chega aos cinemas Invasão Zumbi, filme bastante elogiado no Festival de Cannes e Festival de Cinema de São Paulo, deste ano. O longa foi dirigido pelo sul-coreano Sang-ho, respeitado mundialmente (com prêmios e elogios da crítica) como um dos maiores diretores de animação da atualidade, responsável pelos sucessos The King of Pigs (2011) e The Fake (2013). Ambas produções angariaram uma legião de fãs por seu retrato cru (e cruel) dos ritos de adolescentes. 

Na história, o galã do cinema sul-coreano, Gong Yoo, interpreta um executivo do mercado financeiro e divorciado. Durante uma viagem com a sua filha, um vírus desconhecido se alastra pelo país, inclusive no trem no qual eles embarcaram. Começa então uma intensa e sangrenta jornada de sobrevivência para um eclético grupo de passageiros, que precisa chegar ao destino, único local que já identificou a causa e a cura.

Apesar de ser um filme com uma temática bastante recorrente (quem não se lembra de Guerra Mundial Z?), o longa impressionou a crítica. Segundo o site Revista Review, as cenas de ação e suspense são de tirar o fôlego. Os efeitos especiais também são impressionantes, contribuindo que a ideia de “train movie“ funcione. Tudo acontece exatamente durante a viagem, além de lidar com uma horda de zumbis, os personagens centrais vão precisar conviver com sentimentos pessoais. Um mote parecido com a animações do Seoul Station, do mesmo diretor.

"Estes dois filmes se complementam como um espelho social das angústias do dia a dia de uma metrópole: o apelo universal dele está aí e não na presença dos zumbis. Os zumbis alimentam mais a minha curiosidade de entender se pessoas sadias podem resistir a um ataque morto-vivo de 24 horas seguidas”, explicou o cineasta ao Omelete.

Apesar de poucas estreias na semana - no total são apenas três -, outro longa se destaca: Animais Noturnos do diretor (e também estilista) Tom Ford. Reunindo um elenco estrelado, a história traz Amy Adams (também em cartaz com A chegada), Jake Gyllenhaal (O Abutre), Michael Shannon (Foi Apenas Um Sonho) e Aaron Taylor-Johnson (O Garoto de Liverpool). O título recebeu o Grande Prêmio do Júri no Festival de Veneza, concorre a três Globos de Ouro e vem sendo apontado como potencial concorrente ao Oscar de 2017.

Segundo o site O Globo, assim como Direito de Amar, o primeiro filme de Ford, Animais Noturnos explora temas caros ao diretor, como a incapacidade dos personagens de encontrar prazer nas coisas e nas pessoas à sua volta.

Inspirado no romance Tony & Susan, do nova-iorquino Austin Wright, o longa mostra Susan (Amy Adams), uma mulher bem-sucedida que abandonou as aspirações artísticas em troca da vida de conforto e de luxos. Ela sabe que o atual marido (Armie Hammer), um rico empresário, a trai com outras mulheres, mas não o confronta em nome das aparências. Um dia, a personagem recebe um livro escrito por seu ex-marido dedicado à ela. A publicação, intitulada de Animais Noturnos, tem enredo brutal.
 
Travestido de um thriller psicológico, segundo o diretor, o longa conta também com toques de crítica ao consumismo exacerbado. "A história se passa nos anos 1990, quando o livro foi publicado. O que fiz foi trazê-la para a cultura contemporânea, em que as pessoas estão acostumadas a descartar coisas e relacionamentos. Acho importante contribuir com algo pessoal. Com o próprio personagem do Jake diz, ´os escritores não escrevem sobre outras pessoas, mas sobre eles mesmos'”.

Animais Noturnos (drama)

Sinopse: Susan (Amy Adams) é uma negociante de arte que se sente cada vez mais isolada do parceiro (Armie Hammer). Um dia, ela recebe um manuscrito de autoria de Edward (Jake Gylenhaal), seu primeiro marido. Por sua vez, o trágico livro acompanha o personagem Tony Hastings, um homem que leva sua esposa (Isla Fisher) e filha (Ellie Bamber) para tirar férias, mas o passeio toma um rumo violento ao cruzar o caminho de uma gangue. Durante a tensa leitura, Susan pensa sobre as razões de ter recebido o texto, descobre verdades dolorosas sobre si mesma e relembra traumas de seu relacionamento fracassado.

Estados Unidos Pelo Amor (drama)

Sinopse: Na Polônia, em 1990, o país vive um momento eufórico de liberdade e incerteza com o futuro. Nesse contexto, quatro mulheres decidem mudar suas vidas e lutar por suas felicidades. Agata (Julia Kijowska) é uma jovem mãe em um casamento infeliz que se refugia em um relacionamento impossível. Renata (Dorota Kolak) é uma velha professora fascinada por sua vizinha Marzena (Marta Nieradkiewicz) que tem um marido trabalhando na Alemanha. Iza (Magdalena Cielecka), irmã de Marzena, é uma diretora apaixonada pelo pai de um dos seus alunos.

Invasão Zumbi (ação, terror e suspense)

Sinopse: Em um trem de alta velocidade com destino à cidade de Busan, um vírus que transforma as pessoas em zumbis, se espalha. A cidade conseguiu com sucesso se defender da epidemia, mas agora eles devem lutar pelas suas sobrevivências.

Foto: Divulgação